Blog do André Ferrer


CONTO DO MÊS: Falta um (André Ferrer)

Enquanto a sua mãe preparava o almoço, ele mexia no rádio. Em poucos minutos, a caminho do canavial, estaria no velho ônibus que carregava os trabalhadores.


- Não seja besta moleque! Pára com essa chiadeira! - pediu ela. - E vê se sintoniza direito a Cabiúna!


- Tou procurando mãe... Tou procurando - disse o rapaz evasivamente.


Estava na janela. Uma janela de duas folhas, aberta para o novo dia.


Único meio pelo qual o frescor da madrugada e os primeiros raios do Sol podiam entrar, aquela janela era o componente mais colorido da casa. Um barraco, na verdade, construído com sobras de madeira, retalhos de lona e pedaços de velhos "outdoors" doados por um sucateiro.


Antes de sair, ele sempre olhava o amanhecer. Gostava uma enormidade daquilo! A paisagem dali, segundo o seu pai explicara, chamava-se invernada. Muito parecida, o rapaz sabia, com o céu dos vaqueiros, peões e montadores que tanto lhe trouxera consolo nos piores dias da sua vida!


Mexia no aparelho. A mãe enrolava uma tira de pano na marmita amassada. Estações de São Paulo e do Rio vibravam na minúscula caixa; vozes misturadas, que se abalavam até do estrangeiro!


E daquilo tudo, ele também adorava uma enormidade!


Certa vez, até mesmo escutou a gaita do Teixeirinha! Seu pai tinha sido fã do cantor. Explicara-lhe uma porção de coisas sobre os gaúchos. Homens fortes e corajosos, que um dia, na época da mocidade dele, o seu pai, tinham-no contratado para cuidar de uma fazenda "cheinha" de bois.


O locutor falava português. Anunciou o sucesso "campeiro", mas o rapaz não entendeu a metade. Guampa e Guaíba, por exemplo, era palavras das quais o seu pai não havia falado. Já guri, sim; guri era como o seu pai chamava os irmãos menores.

Também naquele dia, o aparelho chiou numa confusão de sinais sobrepostos. O rapaz olhou para fora, sintonizou a emissora local e levantou o volume para que a sua mãe escutasse.


- Melhorou! - disse ela, durante a introdução da música. Depois emendou, cantando animadamente: - Fiz uma casinha branca lá no pé da serra pra nós dois morar.


"Fica perto das barrancas
"Do rio Paraná."


E assim por diante.


Quando a canção terminou, a comida do jovem cortador de cana estava devidamente embrulhada.


- Eu já vou! Eu já vou! - disse ele nas duas vezes que a sua mãe insistiu.


Fechou a janela com muito custo. A imagem do vaqueiro, na parte interna de uma das folhas, apareceu; como plano de fundo, uma paisagem muito parecida com a invernada, só que bem mais bonita. Para o rapaz, o próprio Éden do catecismo!


- Tá na hora, filho, de você pegar o ônibus! - fez a mãe. - O gato tá no teu pé! Você não pode chegar atrasado!


As duas crianças da casa, que àquelas horas ainda estavam deitadas, acordaram por causa dos gritos da mãe.


O menor, que ainda não se acostumara com a idéia de ver apenas os quatro ali reunidos, perguntou a ela como às vezes fazia:


- E o pai mãe?! Tá onde o pai?!


O maiorzinho, que melhor entendia os freqüentes esclarecimentos do irmão mais velho, adiantou-se repreensivo:


- Lá no mundo de Marlboro! Lá no mundo de Marlboro!


NOTA 1: "Gato", para quem não sabe, é como se denomina o capataz (ou "carrasco") de canavial em algumas regiões do Brasil.

NOTA 2: Este conto já foi publicado em meu blog antigo e no meu espaço no site Recanto Das Letras. Para o mês de agosto, o ineditismo estará na crônica vindoura. Para quem não leu "Falta um", boa degustação! Para quem já conhece: paciência e um piparote! Até mais!




Escrito por André Ferrer às 18h57
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]
 
Meu perfil





BRASIL, Sul, Homem, de 26 a 35 anos, Livros, Cinema e vídeo, Artes Gráficas



Histórico


Votação
Dê uma nota para
meu blog



Outros sites
 BLÔNICAS
 CABARÉ - zine de literatura - Nº 8
 CABARÉ - zine de literatura - Nº 9
 CÂMARA BRASILEIRA DO LIVRO
 CRONÓPIOS
 PORTAL LITERAL
 O R K U T : PERFIL DE ANDRÉ FERRER
 O R K U T : COMUNIDADE "Eu leio André Ferrer!!!"
 O R K U T : COMUNIDADE "'NOVO' Blog do André Ferrer"
 O R K U T : COMUNIDADE "Os mais bem escritos blogs!!!"